quarta-feira, 18 de agosto de 2010

eu não faço sentido...

(... mas, de alguma maneira, você entende.)
 
 
Talvez o problema seja eu - eu,
que sempre gostei de brincar de conquista,
hoje só queria poder brincar de amor.

5 comentários:

G I L B E R T O disse...

T, mon ami T

Nesse maravilhoso mundo de prosas e contos habita um coração de poesia...

... E, registra-se para a posteridade e para toda a humanidade:

- Uma linda poesia!

Grato!

Aline disse...

Quem sabe já não estais brincando com o amor, de esconde-esconde (i). Ele pode estar só esperando um momento certo para aparecer enquanto não é encontrado ^^ Cuida-te

Desirée disse...

concordo plenamenteeee com o que a aline disse aqui em cima!

Marcella Leal disse...

O amor é uma necessidade que nós nem sempre reconhecemos, você pelo menos já fez isso e agora meio caminho já está andado, pode ter certeza disso.

Beijos e adoro esse blog seu.

Tangerina disse...

"todo carnaval tem seu fim"...


um beijo.